sábado, 26 setembro 2020

Sinecol lamenta atitude de Temer na Marcha contra as reformas

O presidente do Sinecol (Sincomerciários Limeira) Paulo Cesar da Silva esteve ao lado de outros diretores no último dia 24, em Brasília, e demonstra indignação com as atitudes francamente autoritárias do presidente Michel Temer que, contrariando todas as disposições democráticas, convocou as Forças Armadas para conter uma manifestação absolutamente pacífica da parte dos trabalhadores na lutam pelos seus direitos e contra reformas altamente impopulares.

“Estávamos lutando ao lado de sindicalistas comerciários de todo o estado de São Paulo e também dos dirigentes da União Sindical dos Trabalhadores de Limeira, tudo de modo ordeiro e pacífico, contra essa barbaridade que são as Reformas Trabalhista e Previdenciária. De repente, a manifestação foi invadida por  desordeiros e nós, trabalhadores, acabamos sendo tratados de maneira ríspida e perigosa pelas forças policiais e militares, num atitude que não condiz com o perfil de um presidente da República em um país democrático”, desabafou Paulinho.  O sindicalista disse ainda que esse momento difícil serviu apenas para reforçar o ânimo dos trabalhadores e sindicalistas que desejam  o melhor para o país. O Sinecol se encontra alerta para atender às novas movimentações da Fecomerciários e da UGT, entidades às quais está filiado, para a continuidade do trabalho em defesa dos direitos trabalhistas, da transparência política e da moralidade.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *