quarta-feira, 20 junho 2018

Sobre a nossa Convenção Coletiva de Trabalho 2017/2018

A data base da Categoria dos Comerciários é 1º de Setembro, mas, quando traçamos estas linhas, já se aproximam as festas natalinas sem que tenhamos conseguido chegar a um consenso com o representante patronal. O nosso pedido, totalmente plausível, é da ordem de 5%, em contraponto aos ínfimos 1,73% oferecidos pelo Sicomércio Limeira, índice com o qual jamais concordaremos e não vamos aceitar.

Após inúmeras e infrutíferas reuniões, resta-nos apelar publicamente aos companheiros do Sicomércio e aos senhores empresários para que se conscientizem da necessidade de valorização da mão de obra comerciária, em seu extenso leque de atividades, o que certamente contribuiria para um Comércio com resultados mais expressivos. Havendo essa valorização do trabalhador comerciário, isso certamente refletirá como um exemplo positive para todas as categorias, representando um significativo avanço na relação capital e trabalho e certamente gerando um impacto positivo no giro comercial e, consequentemente, na produtividade como um todo.

Teremos, ainda, outras reuniões, buscando “fechar” uma convenção coletiva de trabalho digna para nossos representados, mas nosso departamento jurídico já estuda a possibilidade de propor ação judicial de dissídio coletivo, o que sabemos que seria desgastante.

Outra providência a ser tomada é a de mobilizar a categoria para que, a uma só voz, os milhares de comerciários representados pelo Sinecol demonstrem ainda mais a sua força e o seu poder de reivindicação.

Mesmo focados na rápida resolução dessa pendência, não podemos deixar de exprimir nosso desejo de que o Natal e o Ano Novo sejam da mais pura alegria para todos.

Desejamos que toda energia e espiritualidade da santa festa natalina possa nutrir nossas almas para a passagem de ano, preparando-nos o caminho para grandes conquistas durante 2018.

Um forte e caloroso abraço! 

Paulo Cesar da Silva

Presidente do Sindicado dos Empregados no Comércio de Limeira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *